Verde Índia

Verde Índia

Bolinhas de espinafre, gengibre, pimenta verde e especiarias; acompanha molho de iogurte

Ingredientes: bolinho: espinafre; batata rosa; cebola; gengibre; pimenta verde; garam masala; pimenta do reino; sal; farinha de trigo; farinha de rosca. Molho: iogurte; pepino; limão siciliano; hortelã; cominho; sal; pimenta do reino

** Bolinho é vegano, molho não

Saiba mais…

Segundo país mais populoso, perdendo apenas para a China, a Índia tem também a maior taxa de vegetarianismo do mundo – uma pesquisa realizada em 2006 constatou que 31% dos indianos eram lactovegetarianos (que consomem produtos lácteos e ovos) e outros 9% eram ovo-vegetarianos (consomem apenas ovos entre os produtos de origem animal). Para suprir a necessidade de proteínas, existe uma grande variedade de pratos com vegetais e frutas ricos nessa substância, entre eles o espinafre.

Mas o carnívoro que achar que comida vegetariana é sinônimo de comida sem graça está muito enganado – sem graça é o último adjetivo para qualquer tipo de comida indiana. O uso das especiarias (cujo significado espiritual e medicinal já foi tratado aqui) dá ao nosso bolinho Verde Índia, inspirado nessa culinária milenar, uma gama de sabores e sensações que não deixa ninguém indiferente. A picância das pimentas e do gengibre, associada aos múltiplos e instigantes sabores do Garam Masala, atinge todas as nossas papilas gustativas, prolongando e variando o paladar ao longo do tempo. O molho de iogurte, chamado de raita, funciona como um neutralizador da pimenta, e acrescenta ainda outros sabores, como o do cominho, que também ajuda a amenizar a picância, e a hortelã, que torna o bolinho, além de tudo, refrescante.

Não gosta de pimenta?

Então pode exagerar no molho! Não é à toa que muitos pratos indianos têm laticínios como acompanhamento – entre eles a coalhada e o iogurte. Com uma culinária tradicionalmente picante, esse tipo de acompanhamento funciona como um catalisador para aqueles mais sensíveis a esse tipo de especiaria.

O componente das pimentas que promove o ardor se chama capsaicina. Quanto mais dessa substância, mais ardida será a pimenta – o pimentão, por exemplo, se destaca das suas primas pimentas por não conter essa substância. Já o iogurte ou coalhada contêm uma substância chamada caseína, cujas moléculas possuem a característica de neutralizar as moléculas de capsaicina. É por isso que de nada adianta tentar conter o ardor na boca tomando água ou outras bebidas à base de água – elas não têm caseína. O melhor, nesse caso, é tomar uma bebida de iogurte (na Índia, um dahi ou um lassi) ou simplesmente um copo de leite.

Fontes: portalsaofrancisco.com.br; iguariasindianas.wordpress.com; tudoindia.com.br; wikipedia

Retornar ao cardápio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s