La Cave

la cave

Uma explosão de sabores: tortinhas de pera, gorgonzola, nozes e cebola caramelizada

Ingredientes: queijo tipo gorgonzola, pera, nozes chilenas, cebola roxa, pimenta do reino, tomilho, manteiga, açúcar mascavo, farinha de trigo e sal

Saiba mais…

Uma mistura à primeira vista inusitada mas que, de tão boa, já virou um clássico: pera com gorgonzola. Molhos ou recheios para massas, tortas, quiches, risotos, sopas e saladas já usaram essa dupla de sabores simultaneamente opostos e complementares. O nosso La Cave acrescenta a essa mistura cebola caramelizada e nozes, completando essa instigante experiência para o paladar.

Como todo queijo azul, o gorgonzola é picante mas também um pouco frutado, aproximando-se da pera – que por sua vez contribui para essa mistura, com muita elegância, com seu sabor adocicado e suculento. As nozes, quando torradas, se aproximam muito em sabor dos queijos azuis, e por isso é também muito utilizada na harmonização com o gorgonzola. Para completar, a cebola caramelizada intensifica o sabor adocicado da pera, fechando com maestria esse contraste entre ela e o sabor marcante do queijo – por sua vez já intensificado pela adição das nozes.

Nosso protagonista, o Gorgonzola

Considerado um dos mais requintados queijos da família azul, o gorgonzola é o terceiro queijo mais consumido da Itália, sua terra natal, perdendo apenas para o parmesão e o grana padano. Acredita-se que o gorgonzola seja o queijo mais antigo do mundo – a primeira referência encontrada data do século X na pequena cidade de Gorgonzola, localizada a 20 quilômetros de Milão, no norte do país. A abundância de leite e a variedades de fungos das cavernas da região foram as características fundamentais para a criação desse queijo.

Segundo lendas locais, sua criação aconteceu por acidente. Conta-se que, a princípio, este queijo era conhecido como Strachino quando um produtor descuidado acabou misturando leites de diferentes ordenhas, um da noite e outro da manhã. Quando as coalhadas de diferentes temperaturas se uniram, formaram bolhas, e dessas bolhas surgiram os fungos azuis Penicilium Roqueforti – responsáveis pela tonalidade azul de todos dessa família de queijos.

Fontes:
Segnite, Niki. Dicionário de Sabores: combinações, receitas e ideias para uma cozinha criativa. Google Books; ajufest.com.br; produtosfinos.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s